Há muito a descobrir em São Francisco, com suas pontes, colinas, parques e galerias de arte.

Siga as dicas espertas do Chef Concierge Andreas Rippel e descubra um pouco da história e da cultura locais a pé.

Viva o verde

Para acalmar a mente e desfrutar da proximidade da natureza, atravesse a Mission Street e entre no oásis do Yerba Buena Gardens, parque ajardinado com cachoeira e muito verde. Ande até o centro para ver a arquitetura magnífica do recém-reformado Metreon, complexo cultural que inclui o Museu de Arte Moderna e o Contemporary Jewish Museum.

Café e arte

O excelente Blue Bottle Coffee tem filiais espalhadas pela cidade inteira (além de algumas em Nova York). Uma delas fica dentro do San Francisco Museum of Modern Art. Se você visitar o museu entre 11h e 17h, pode se acomodar no jardim de esculturas da cobertura, ao ar livre, e tomar um café de filtro elogiadíssimo enquanto se deleita com uma fatia do bolo Mondrian (que é todo colorido) ou com os biscoitos Frida Kahlo (típicos de casamentos mexicanos). Atenção: o museu fecha às quartas-feiras.

Tour grátis

Pouca gente conhece, mas os passeios a pé que o San Francisco City Guides oferece são interessantes, informativos – e gratuitos. Um dos roteiros preferidos do Concierge Rippel é o City Scapes and Public Places, que explora parques escondidos e jardins suspensos no Financial District. Uma das melhores paradas é o edifício de 1906 que fica no número 1 da Kearny Street, do outro lado de Market Street, em frente ao Hotel. Dá para entrar e visitar o jardim particular do telhado, com vista panorâmica da cidade.

Atrás do bondinho

A um quarteirão e meio do Hotel, na esquina das ruas Powell e Market, dá para ver o bondinho de São Francisco contornar uma plataforma de madeira para começar seu trajeto de volta. O meio de transporte mais típico da cidade também tem seu museu, que merece visita. O Cable Car Museum fica a 1,5 quilômetro do hotel e tem no acervo bondinhos dos anos 1870. A entrada é gratuita o passeio é perfeito para fazer em família.

Four Seasons Hotel San Francisco

Reservar agora

Compras (e aula de história)

Você deve saber que a Union Square é uma região comercial importante, endereço de magazines bacanas como Barneys, Neiman Marcus e Saks. Mas talvez não saiba que a praça entre as ruas Geary, Powell, Post e Stockton ganhou seu nome por abrigar manifestações a favor da União, que bateu os estados do Sul na Guerra de Secessão americana, no século 19. 

Joia escondida

Cansada do agito de Union Square? Descubra Maiden Lane, joia escondida entre as ruas Kearny e Stockton. Em duas quadras, esse calçadão abriga cafés tranquilos e lojas refinadas, como Chanel e Hermès, mais tradições locais, como a Gump, que vende presentes e objetos para a casa desde 1861. A Xanadu Gallery, de antiguidades asiáticas, fica em um prédio projetado por Frank Lloyd Wright em 1948. Repare como a rampa espiral lembra o desenho de Wright para o Guggenheim Museum de Nova York.

Para ver arte

Você gosta de arte contemporânea? Saindo do Hotel, suba a avenida Grant e vire à direita, ensina Rippel. No número 49 da Geary Street, um lindo prédio (que abrigava originalmente os escritórios da Western Union) reúne quase 20 galerias, como Stephen Wirtz, Haines e The McLoughlin.

Faça a feira

Operada por uma ONG que se dedica a difundir o conceito de agricultura sustentável, a feira Ferry Plaza Farmers Market não é exatamente um segredo. A oferta de frutas, legumes e verduras orgânicas de produção local faz dela parada obrigatória para chefs e amantes da boa mesa. Para evitar a multidão dos sábados, visite a versão mais enxuta (mas não menos inspiradora) da feira, que acontece às terças e quintas, a partir das 10h.

Esquina histórica

Hoje o coração de Chinatown, a Portsmouth Square está rodeada por marcos históricos, como a Old St. Mary’s Cathedral, primeira catedral erguida na Califórnia, em 1854, e a primeira escola pública do Estado, de 1848. Nesse mesmo ano, a descoberta do ouro foi anunciada na praça. 

Four Seasons Hotel San Francisco

Reservar agora