História da Four Seasons

A história da Four Seasons Hotels and Resorts, cujo primeiro hotel abriu em 1961, é feita de inovação contínua, uma expansão extraordinária e uma dedicação inabalável aos mais elevados padrões. Há mais de 50 anos que a empresa canadiana tem vindo a transformar o setor da hospitalidade, combinando cordialidade e eficiência com as melhores tradições na gestão de hotéis a nível internacional, redefinindo assim o conceito de luxo para o viajante moderno.

Black-and-white historic photo of three laughing lifeguards, smiling woman falling back into outdoor swimming pool

  • Black-and-white historic 1970s photo of two smiling men in suits by Four Seasons Hotel sign

    1960–1969 – Nasce a Four Seasons

    Isadore (Issy) Sharp, jovem arquiteto e construtor – que trabalhava com o pai, o empreiteiro Max Sharp – não tinha quaisquer planos para entrar no negócio da hotelaria em grande escala quando construiu o seu primeiro hotel. Até ao final da década, abriu três hotéis Four Seasons. A experiência de Sharp abriria caminho para a criação de um novo tipo de hotel, focado exclusivamente no hóspede.

  • Flags fly against blue sky outside Four Seasons Hotel exterior

    1970–1979 – Enfoque no luxo

    A década de 1970 começou com um momento decisivo: a abertura de um hotel em Londres. Esse hotel veio balizar o rumo futuro da empresa e foi pioneiro em muitos dos serviços característicos da Four Seasons, hoje disponíveis em todo o mundo. Em poucos anos, a carteira da empresa passou a incluir 10 hotéis no Canadá e os primeiros contratos de gestão, em São Francisco e Chicago. No final da década, a Four Seasons tinha entrado no mercado americano com a sua própria marca, em Washington, DC.

  • Small waterfalls, rocks, pond by golfers on green in front of TPC Four Seasons Las Colinas golf course

    1980–1989 – Expansão para os EUA

    A década de 1980 viu nascer hotéis emblemáticos numa dezena de cidades dos EUA, incluindo Filadélfia, Boston, Dallas, Los Angeles e Chicago. A Four Seasons enquanto marca distintiva estava a ganhar maturidade. Desinvestindo em propriedades menos estratégicas, a marca iniciou a sua transformação de empresa proprietária e operadora de hotéis para empresa gestora. A marca começou também a gerir hotéis em empreendimentos de utilização mista – um conceito novo à época – o que lhe permitia estender a sua especialização a ambientes residenciais de elevada qualidade.

  • Historic 1990s photo of staff carrying towels past large fountain to outdoor pool, deck at resort

    1990–1999 – Crescimento a nível mundial

    Reconhecida como líder no setor da hospitalidade na América do Norte no início da década, a marca Four Seasons tinha chegado para ficar. Antecipando a procura de uma nova geração de experiências de lazer – oferecendo serviços e instalações excecionais em destinos exóticos – a empresa focou-se em expandir a sua carteira de resorts durante toda a década de 1990.

  • A server riding a bike balances a cocktail on a tray along oceanfront lounge

    2000–2009 – Uma marca de luxo global

    No início da sua quinta década de existência, a Four Seasons continuou a crescer – tanto em dimensão como em notoriedade – em todo o mundo. A empresa passou a receber hóspedes em 50 propriedades, em todos os continentes à exceção da Antártida. Mais do que nunca, as Residências Privadas, os Clubes Residenciais e outras ofertas de residências com a marca da Four Seasons foram integradas nas localizações urbanas e resorts da Four Seasons. A força da marca tornou-se uma promessa de qualidade de vida.

  • 2010 até ao presente

    Ao entrar na sua sexta década de existência, a Four Seasons manteve o enfoque na expansão global. Igualmente importante foi a ênfase dada pela empresa à criatividade e à inovação, reforçando a sua liderança no segmento das viagens de luxo.

请注意,您即将跳转至四季酒店在中国境外运营的网站。
明白