Somente em Washington: visitar a Casa Branca, a Suprema Corte e a Biblioteca do Congresso.

Lojas e restaurantes de primeira se espalham pela agitada capital americana, que também tem importantes museus e monumentos históricos, além da bela paisagem dos rios Potomac e Anacostia. Para garantir que sua próxima viagem à cidade seja o máximo, pedimos a Javier Loureiro, Chef Concierge do Four Seasons Hotel Washington, DC e à equipe do Les Clefs d’ Or concierges, com mais de cem anos de experiência no destino, que compartilhassem sugestões do que há de melhor para ver e fazer por lá. Aí vão elas.

Só em DC

Quando passar por DC, aproveite para fazer coisas que só a capital americana oferece. Planejando com antecedência, por exemplo, dá para se encaixar nos grupos privados que visitam a Casa Branca, residência presidencial desde 1800 e símbolo da democracia americana. Para ver de perto como funcionam os mecanismos da política e da justiça do país, assista a uma sessão do Congresso, na Casa dos Representantes ou no Senado, ou a um debate oral na Corte Suprema. Quando passear pelo National Mall, gramado que liga o Obelisco ao Capitólio, pare para admirar a arquitetura da sede da OEA (Organização dos Estados Americanos), da qual o Brasil faz parte. Quer sentir orgulho de ser brasileiro? Visite a sala de leitura hispânica da Biblioteca do Congresso, decorada com quatro telas grandes de Cândido Portinari.

Passeios privativos

Os passeios privativos são a melhor maneira de conhecer os incríveis cartões-postais da cidade. Dá para visitar o Capitólio tendo como guia um curador da Capitol Historical Society. Além de muita informação, ele tem acesso ao domo do prédio, normalmente fechado à visitação. O passeio privativo ao Mount Vernon, palácio de veraneio de George Washington, percorre áreas restritas da casa principal e o mausoléu do primeiro presidente americano.

Ao ar livre

Washington tem mais área verde per capita do que qualquer outra cidade americana. Se você precisar dar um tempo de tanta história, não faltam parques para se exercitar ou respirar ar puro. O Rock Creek Park’s atrai caminhadores e ciclistas com sua paisagem diversificada. Da Mount Vernon Trail, trilha que se estende ao longo do rio Potomac, dá para ver lindas vistas da cidade, monumentos e aviões pousando em Gravelly Point. Outra possibilidade é pedalar por ela até Mount Vernon, palácio de George Washington. A Theodore Roosevelt Island, memorial vivo dedicado ao 26º presidente dos Estados Unidos, é outra área de lazer importante, com trilhas naturais para fugir da cidade e avistar a fauna local. Leve seus tênis de caminhada mas esqueça as bicicletas, que são proibidas de transitar por lá.

Four Seasons Hotel Washington, DC

Reservar agora

Comer, beber, viver

Ponto de encontro de gente do mundo inteiro, DC oferece um leque raro de opções gastronômicas sempre refinadas e ecléticas. Em Foggy Bottom, o Marcel’s serve receitas francesas premiadas e o Cafe Milano, deliciosos pratos do sul da Itália. Para ter uma experiência bem autêntica, faça como os moradores e tome um café da manhã (ou lanche de fim de semana) na livraria e café Kramerbooks & Afterwords Cafe & Grill. Situado ao norte do Dupont Circle, o lugar serve os intelectuais da cidade desde 1976 e gente que gosta de discutir política. Uma opção mais exótica é o Rasika, no Penn Quarter. O chef executivo Vikram Sunderam faz pratos tradicionais da cozinha indiana com um toque contemporâneo. Para abrir a refeição, a especialidade da casa: palak chaat, espinafre crocante.

Exploradores mirins

As crianças vão poder ver, tocar e saborear exemplos da cultura dos índios norte-americanos no National Museum of the American Indian, um dos mais novos dos museus que compõem o complexo educacional Smithsonian. Quem quer ser piloto ou astronauta quando crescer vai curtir o National Air and Space Museum e seu anexo, que fica perto do Washington Dulles International Airport e abriga réplicas do Concorde e de bombardeiros de guerra. Para os fãs de James Bond, a pedida é o International Spy Museum, que expõe equipamentos e explica táticas de espionagem. Reaberto com reparos e reformas, depois de ser danificado no terremoto de 2011, o obelisco Washington Monument anda muito concorrido: reserve com antecedência para garantir seu lugar. As crianças vão adorar o passeio de elevador expresso até o deque de observação, a mais de 150 metros do chão. Mas reserve um tempinho para visitar também o museu do monumento, que fica abaixo do mirante.

Hora das compras

As ruas históricas de Georgetown abrigam uma mistura divertida de butiques modernas e marcas internacionais, além de cafés e restaurantes gourmet. Reserve pelo menos uma tarde para passear por lá, embora o melhor seja ficar um dia inteiro. Para encontrar marcas de luxo, a dica é o The Collection em Chevy Chase, que tem lojas da Cartier, Gucci, Bulgari e Jimmy Choo. A poucas quadras, você ainda encontra filiais da Neiman Marcus e da Saks Fifth Avenue. O CityCenterDC, mais nova área comercial da cidade, reúne marcas bacanas como Burberry, Kate Spade e Longchamp. Mas não deixe de levar de lembrança um pin ou bijuteria patriótica da Ann Hand: instituição local, a marca fornece acessórios para a elite de Washington há mais de 25 anos. Se estiver com tempo, vale ir até o estado vizinho da Virgínia (a meia hora do aeroporto) para conhecer o shopping de luxo Tysons Galleria e se jogar nas ofertas do Leesburg Corner Premium Outlets.

Quando a noite cai

No fim da tarde, o U.S. Marine Corps War Memorial é um lugar maravilhoso para sentar e contemplar a paisagem majestosa e as luzes de DC a partir da margem do rio Potomac. Em seguida, atravesse o rio para chegar ao badalado corredor da 14th Street. Um bom programa é provar cervejas artesanais na Birch & Barley: em geral há fila, mas a seleção de 555 rótulos compensa. Arremate a noite no Kennedy Center, complexo de teatros que sedia a National Symphony Orchestra e a Washington Opera.

Four Seasons Hotel Washington, DC

Reservar agora