A visão quase futurista da baía de Xangai, onde passado e presente fazem o encanto da cidade.

Apelidada “Paris do Oriente”, Xangai combina tradições antigas e um quê futurista em uma atmosfera agitada e única. Listamos aqui dez coisas para ver e fazer na cidade. Escolha as suas preferidas e consulte o Concierge do Four Seasons Hotel Shanghai, que terá prazer em providenciá-las para você.

Passado e presente

Fazer um passeio de barco no Huangpu River Cruise é um jeito ótimo de entender o que Xangai já foi e o que é hoje. Duas paisagens incríveis se descortinam do barco. Na margem oeste do rio, os marcos coloniais se avultam. Na margem leste, arranha-céus de aço e concreto dão o tom.

Mix de estilos

Gótico, clássico, barroco, renascentista. Há exemplos de todos os estilos arquitetônicos entre os edifícios do The Bund, região da margem do Huangpu ocupada a partir do século 19. De novo, basta olhar para o outro lado do rio para ver uma cena mais contemporânea: Pudong, cujo skyline de edifícios extravagantes parece subir mais a cada dia que passa.

O som da música

A Orquestra Filarmônica de Xangai e a Orquestra Americana de Filmes de Hollywood são algumas das atrações de salas como o Shanghai Concert Hall, o Shanghai Oriental Art Center e o Shanghai Grand Theatre. Para quem aprecia a boa música, são visitas imperdíveis.

Circuito museus

O passado ganha vida no Shanghai History Museum e no Shanghai Museum, com galerias recheadas de peças em bronze e jade e móveis das dinastias Ming e Qing até o presente. O Shanghai Jewish Refugees Museum também é comovente: na sinagoga Ohei Moshe, cartas e objetos lembram os judeus que refugiaram-se na China para escapar da perseguição nazista.

Four Seasons Hotel Shanghai

Reservar agora

Cultura pop

Jackie Chan, Audrey Hepburn, Bill Gates e David Beckham são algumas das celebridades que ganharam réplicas em cera no Madame Tussauds Shanghai, situado na Nanjing Xi Road. No M50 Creative Park, dá para fazer um passeio a pé por galerias que expõem obras de artistas ascendentes.

Visões aquáticas

Peixes asiáticos nadam nos aquários que cobrem teto, chão e paredes do Shanghai Ocean Aquarium. Os peixes são alimentados por volta de 14h, uma boa hora para ver cardumes das espécies mais variadas, de medusas luminosas a tubarões.

Ache seu centro

O Tai Chi Chuan faz parte da rotina dos frequentadores do parque Jing An, onde também rolam sessões de artes marciais e danças chinesas. Outro parque urbano para conhecer é o Yuyuan, que oferece paisagens serenas, trilhas ladeadas por dragões de pedra e jardins chineses tradicionais.

Na balada

Taikang Road é a via central da Concessão Francesa, bairro de alamedas estreitas cheias de butiques exclusivas, galerias fora do circuito e cafés ao estilo parisiense, com mesinhas na calçada para observar o movimento.

Arte circense

Acrobacias, contorcionismo, mímica: no Shanghai Centre Theatre, a arte circense alcança um novo patamar de excelência. Deixe-se hipnotizar pelas fantasias coloridas dos artistas e a precisão inacreditável de seus números.

Para relaxar

Na hora de desacelerar, suba para o terraço do M, restaurante que fica no The Bund, e aproveite as espreguiçadeiras para curtir a visão desimpedida do rio Huangpu. E não deixe de provar a comida, que transcende fronteiras, mas sem deixar de fazer referência ao passado glamoroso de Xangai.

Four Seasons Hotel Shanghai

Reservar agora