Com templos antigos e cercado de campos de arroz e montanhas cobertas de florestas, o cenário do Four Seasons Resort Chiang Mai inspira os viajantes.

Pedimos a Nonpavidh Tosivutsilavut, Chief Concierge do Four Seasons Resort Chiang Mai, para reunir aqui as sugestões mais descoladas de passeios na cidade tailandesa – não só dele, mas de outros experts no assunto, como as pessoas de sua equipe no Hotel.

Boas compras

Apesar de toda a fama do Bazar Noturno de Chiang Mai, você pode fazer achados muito melhores na Nimmanhaemin Road, onde fica o Studio Nanna, que vende tecidos contemporâneos incríveis, além de outras galerias, lojas e cafés. Na Charoenrat Road, lojas como a Vila Cini oferecem sofisticadas sedas, tapetes e almofadas baseados em padrões tradicionais do norte da Tailândia.

Flores raras

Sem sair do Resort, você pode experimentar plantar arroz, andar de mountain bike, fazer tratamentos no spa e muito mais. Saindo um pouco, dá para fazer trilhas para ver cachoeiras e visitar fazendas orgânicas, além de um dos programas prediletos dos hóspedes: conhecer o jardim botânico Queen Sirikit (Mae Sa). Situado no flanco de uma montanha e rodeado por riachos, o jardim é um país das maravilhas, com orquídeas raras, palmeiras e samambaias. Para garantir um almoço-piquenique perfeito, o Resort prepara a sua cesta.

Uma noite na cidade

A cena gastronômica de Chiang Mai está bombando, e um lugar imperdível é o The House. Ambientado em uma bela casa antiga restaurada, a decoração combina antiguidades e peças de decoração indochinesas. A cozinha faz um mix de estilos internacionais em pratos como arroz de abacaxi frito com frango e cordeiro. Também há um bar de tapas, mais casual, e uma sofisticada loja de roupas e peças de decoração, a Ginger.

Festival de luzes

Todo ano, em novembro, os tailandeses do norte celebram o Yi Peng, festividade budista focada na ideia de geração de mérito e celebrada com balões-lanternas (os khom loy) que sobem aos céus levando sonhos e desejos. O melhor lugar para viver essa linha celebração é Chiang Mai, onde milhares de balões são lançados ao mesmo tempo e iluminam o céu inteiro, resultando num espetáculo inesquecível. Junte-se à celebração da cidade ou participe de uma versão íntima no Hotel, onde os hóspedes podem soltar suas próprias khom loy à beira do lago.

Four Seasons Resort Chiang Mai

Reservar agora

De selim ou de sela

Quer explorar as terras verdejantes em torno de Chiang Mai e aproveitar para fazer um pouco de exercício? O Resort tem mountain bikes disponíveis para os hóspedes, além de sugestões de roteiros; se preferir, o Concierge pode encaminhá-lo para excursões guiadas de bicicleta pelo campo. Se, em vez de duas rodas, você quiser passear sobre quatro patas, o Pack Squadron Riding Club, a apenas 15 minutos de carro do Resort, oferece cavalgadas para iniciados, instrutores experientes e vários tipos de passeios.

Viagem no tempo

Uma caminhada em torno do coração de Chiang Mai, um bairro de 700 anos cercado por muros e um fosso, é obrigatória. Dúzias de templos pontuam o cenário, incluindo o Wat Chiang Man, o mais antigo da cidade, e o Wat Chedi Luang, com sua velha torre cônica de pedra. Os pisos sombreados do Wat Phra Singh são perfeitos para um passeio quieto e contemplativo. Há monges de hábito amarelo-açafrão por toda parte, muitas vezes a fim de (ou mesmo ávidos para) treinar seu inglês com os visitantes. Pergunte ao concierge sobre o programa “Monk Chat” [Papo com um Monge].

A bela arte de cozinhar

A cozinha do norte da Tailândia é bem diferente daquela que você degusta em Bangkok ou nos Resorts do sul do país. Na Escola de Culinária do Four Seasons, você aprende a fazer os pratos autênticos servidos pelo Sala Mae Rim, restaurante do Resort, como khao soi gai, noodles em caldo de curry com frango, ou pad thai goong, macarrão de arroz com camarão fritos na wok.

Templo no topo

Para apreciar a vista mais incrível da cidade, vá ao Wat Phra That Doi Suthep, o templo de domo dourado no topo da montanha Doi Suthep, visível a quilômetros de distância. Seus atrativos incluem uma relíquia de Buda, guardada em um pagode dourado, e uma escada de 300 degraus ladeada por esculturas de pedra serpentine. A melhor hora para visitar é no começo da manhã, por volta das 7h, quando os monges estão envolvidos em suas atividades diárias.

Four Seasons Resort Chiang Mai

Reservar agora