Vibrante e cosmopolita, Milão fica no coração da Lombardia, uma das regiões mais ricas da Itália. É um centro irradiador de moda e design e um conhecido paraíso das compras, já que concentra todas as grandes marcas italianas e internacionais em lojas luxuosas. Não foi à toa que se tornou destino certo dos fashionistas e parada obrigatória para quem trabalha com design. Todo ano, em fevereiro, a cidade abre o calendário das semanas de moda mundiais; em abril, realiza o Salão do Móvel, a mais importante feira de design do mundo. 

Um dos prazeres que a cidade reserva a seus visitantes é percorrer butiques escandalosas de marcas de peso, entrar em ateliês fechados e descobrir preciosidades em brechós elegantes. A seguir, reunimos os endereços que não podem faltar na agenda dos shopaholics. Depois das compras, cruze a rua onde estiver, drible a Vespa que passa – conduzida por uma linda mulher de salto alto e com um gato na garupa – e sente-se em um bar para a imperdível happy hour milanesa. Peça um Spritz (prosecco, Aperol e uma fatia de laranja) ou un bicchiere di vino rosso ou bianco e admire os frequentadores estilosos que conversam animadamente enquanto a noite cai lá fora. Andiamo a Milano?

Quadrilatero d’Oro

Epítome do luxo milanês, o distrito da moda tem calçadas estreitas e elegantes, pontuadas por palazzos e butiques exclusivas de alguns dos nomes mais famosos do mundo da moda: Prada, Miu Miu, Valentino, Gucci, Versace, Bulgari e Marni, para citar apenas alguns. Além de roupas, o quadrante determinado pelas vias Sant’Andrea, Della Spiga, Gesù, Borgospesso, Santo Spirito, Verri e Montenapoleone oferece joias, luvas, chapéus, malas, óculos, bolsas, sapatos. Tudo com charme único: como as marcas competem pelo layout mais deslumbrante, as vitrines parecem cenários de espetáculos teatrais. Entre e faça o primeiro ato começar.

Dolce&Gabbana, Via della Spiga, 26
Não perca as lojas da dupla de estilistas italianos. Na cenografia intrincada das vitrines, vestidos glamorosos contracenam com gaiolas que abrigam modelos incríveis de sapatos e bolsas.

Manzione Armani, Via Alessandro Manzoni, 31
Esse paraíso de 600 m2 reúne todas as linhas de Giorgio Armani – moda, casa, beleza e arte –, mais  café/restaurante e livraria. Passe horas namorando os móveis, perfumes e sapatos do mago italiano e arremate com um drinque ou café, lá mesmo.

Four Seasons Hotel Milano

Reservar agora

10 Corso Como

A seleção mais requintada e moderna de design, moda, arte e objetos de desejo da cidade está nesse misto de galeria, livraria e loja multimarcas criada por Carla Sozzani. "A mãe de todas as lojas conceito" vende peças especialíssimas de etiquetas importantes, como Marni e Comme des Garçons, além de acessórios, perfumes e maquiagem. Também abriga um pequeno hotel, um café/restaurante e um terraço delicioso. Passe lá no fim da tarde e estique com um jantar, de preferência ao ar livre.

10 Corso Como Outlet, Via Tazzoli, 3
Pertinho da loja-mãe, vende peças únicas de coleções passadas, por preços mais maneiros. 

Vintage Delirium de Franco Jacassi, Via Sacchi, 3
Localizado em Brera, o bairro dos artistas de Milão, é o brechó mais famoso da Itália. Seus dois andares escondem tesouros vintage garimpados pelo olhar requintado do dono: roupas e acessórios de nomes como Valentino, Pucci, Dior, YSL e outros.

Corto Moltedo, Via S. Spirito, 14
Suas bolsas, clutches e minaudiéres fazem a cabeça das mulheres mais antenadas do planeta. Gabriel Moltedo, o estilista, é filho de Laura e Vittorio Moltedo, fundadores da Bottega Veneta. Suas criações têm uma pegada fashion e a elegância do DNA familiar.

Bottega Veneta, Via Montenapoleone, 5
Uma das marcas mais importantes do mundo fashion, produz bolsas, roupas e artigos de couro, além de joias e perfumes. Destaque para as bolsas de couro macio trançado e clutches com fecho de nozinho, amadas por 10 entre 10 fashionistas. 

Four Seasons Hotel Milano

Reservar agora